Disclosure se apresenta pela segunda vez em São Paulo

“Esse é o último show da tour Caracal”, disse Guy Lawrence (25), o irmão mais comunicativo, ao lado do quieto Howard Lawrence (22), na noite de domingo, em São Paulo, dois dias após um show quente no Rio de Janeiro.

Você pode conhecê-los como Disclosure, a dupla autora de hits como Latch (com Sam Smith, ganhador de 4 Grammys) e Magnets (com Lorde, ganhadora de 2 Grammys). Sua última vinda ao Brasil foi para o Lollapalooza, em 2014, quando estrearam com confiança de veteranos para o público brasileiro.

Com um show cheio de projeções (diferentes para cada CD) e com uma setlist balanceando músicas novas e velhas, a dupla se estabeleceu tanto como banda/cantores como DJs, já que grande parte das músicas foi cantada pelos irmãos.

Os melhores momentos do show foram os dos hits astronômicos Latch (Settle) e Omen (Caracal), ambas com participação de Sam Smith. Mas a dupla fez escolhas ousadas, como ao apresentarem a versão do CD de You and Me, e não o conhecido remix feito pelo Flume. Uma das surpresas do show foi a apresentação ao vivo do americano Brendan Reilly com Moving Mountains.

Sobre a casa de shows podemos comentar sobre as filas imensas para o bar, onde esperamos quase quarenta minutos por um copo de cerveja.

A abertura genérica de Bruno Furlan não contagiou o público alternativo da dupla apesar de ter apresentado até mesmo um remix d`A banda mais bonita da cidade. No geral foi um dos melhores shows do ano e já com promessa de voltar. Estaremos lá!