É possível ter prazer com sexo anal? (para mulheres)

Muito se fala sobre o sexo anal entre homens homossexuais e sobre o desejo do homem heterossexual no “bumbum” das mulheres, já que o senso comum credita apenas ao homem o desejo de ter sexo anal com a mulher. Mas saiba que as mulheres também sentem o desejo de terem relações sexuais anais e com prazer.
Apesar de muitas mulheres perguntarem se é possível ter prazer com sexo anal, se a mulher pode desejar o sexo anal, se é algo “impuro”, “sujo”. Sim, mulheres também gostam e realizam o sexo anal.

Então, como as mulheres podem ter prazer com o sexo anal?

Os dois toparem é o primeiro passo para o sexo anal (digo os dois porque existem tanto homens quanto mulheres que não querem o sexo anal). Seguido da conversa, antes de sua realização. Essa comunicação é importante para o casal conhecer suas vontades e inclusive seus receios quanto à realização do sexo anal. O diálogo contribui ainda para a mulher ficar mais tranquila e confiante.

O que impede algumas mulheres a praticar o sexo anal é o medo da dor. Importante ratificar que sexo anal não é para ser dolorido. Se causar dor é porque tem algo errado e um dos erros recorrentes é a falta de informação.

Importante saber que a contração é a primeira reação anal ao toque, seguida de relaxamento dos músculos. Por que contrai? O esfíncter é o músculo que fica na entrada do ânus, é ele que se contrai, pois aprendemos desde cedo a contraí-lo para termos o controle das fezes. Então, não force a entrada, que pode sim machucar e não comece introduzindo o pênis. Para ser prazeroso é importante acariciar a região anal e o períneo (a região entre a vulva e o ânus) que é uma área que proporciona sensações prazerosas. Levar o dedo à entrada do ânus, perceber se este contrai ou se está começando a relaxar, lubrificar a região, introduzir o dedo em movimentos circulares ajudam a relaxar. Logo, o sexo anal requer tempo, pois tem de ser lento e gradual.

Assim, quanto mais desejo, mais carícias, maior exploração da região anal e com o uso de lubrificante a penetração anal vai acontecer sem desconforto. A mulher estar relaxada e com desejo é muito importante. Ela é quem deve também controlar a penetração. Muitas relatam que o sexo anal é ótimo depois de terem tido orgasmo com o sexo vaginal ou oral. E, terem tido orgasmo no sexo anal, com a estimulação simultânea do clitóris. Dessa forma, a vontade delas aumenta, estão mais relaxadas e o sexo anal fica ainda mais prazeroso.

SEMPRE use  lubrificante a base de água e preservativo para proteção e cuidados com sua saúde sexual. Se o cara não quiser usar, nada feito. E nada de trocar o pênis direto da vagina para o ânus. Pode causar infecções.

Muitas mulheres, para conhecerem todas as sensações de seus corpos, se masturbam também acariciando a região anal. Explorando seu prazer. Para tanto, podem ser utilizados os plugs anais, que ajudam a diminuir o medo da penetração e da dor. Pois, os plugs anais são acessórios sexuais especialmente desenhados para a introdução no ânus, para o prazer sexual. Use apenas “brinquedos” sexuais adequados para a região anal. Com a introdução de objetos não adequados ao ânus, você pode perfurar o reto.

Cuidado com os mitos, eles são outros impeditivos das mulheres, para a prática do sexo anal. Conheça alguns:
– Faz mal a saúde: desde que seja realizado com desejo e com devidos cuidados, o sexo anal não faz mal algum para a saúde da mulher. Não causa hemorroidas.
– É bom trocar o pênis da vagina para o ânus, pois assim já vem lubrificado – NUNCA! Mulheres lembrem-se, na prática do sexo anal e vagina seguidas deve haver a higienização do pênis. Pode causa infecções ginecológica.
– Sexo anal é uma “doença” – Na verdade, sexo anal nada mais é que uma variação sexual, mais uma forma de prazer.
Por fim, os incômodos pode ocorrer no início da prática do sexo anal sim, dada a ansiedade, a culpa e o medo. Mas o conhecimento e a prática amenizam o medo e o incômodo. Você tem de aprender a relaxar a musculatura anal para o pênis não incomodar nem machucar. Lembre-se de que a região anal é cheia de terminações nervosas e muito sensível aos toques eróticos.

Desfrute, sem culpa! 
E, não faça sexo anal apenas para agradar ao outro, nem por coação, por pressão ou até mesmo por amor, sem haver o desejo. Você e o seu corpo devem ser respeitados por você e pelo parceiro. O prazer deve ser dos dois!
Ah, qual é a melhor posição? Aquela em que você se sentir mais confortável. E, a depilação é opcional, a decisão é sua. Bom senso e diversão, sempre!

 

Carolina Freitasé Mestre em Psicologia pela Universidade Católica de Brasília, Psicóloga, Psicopedagoga, Sexóloga, Especialista em Educação Sexual. Terapeuta Sexual pelo Centro de Sexologia de Brasília CESEX, Membro associado à Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana SBRASH. Colaboradora do Primeiro Portal de Orientação em Sexualidade Humana do Brasil sexosemdúvida.com
Fonte: Site Desejo Oculto